Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘agenda setting’

Nas colunas opiniativas, muitos são os artigos que criticam a antecipação do debate sobre as eleições de 2010, tanto na esfera estadual quanto federal. Concordo que há muitas outras coisas importantes para serem discutidas pelo campo político, há muito trabalho a fazer. A premissa é verdadeira: não seria correto ficar mais de um ano planejando e realizando ações que têm só o objetivo de eleger o sucessor.

Só que em muitos casos, esses mesmos artigos de opinião – que atribuem toda a culpa pela antecipação do debate eleitoral aos políticos – são publicados ao lado de matérias que insistem em pautar o equivocado debate. Na verdade, o próprio jornalismo agenda publicamente uma discussão que está sendo colocada fora de hora.

É o caso a seguir:

PT abre mão de Coser para beneficiar Dilma Roussef

Será que não havia mais nada para se perguntar ao presidente nacional do partido que visitava a cidade? Será que os jornalistas não tem capacidade e conhecimento para pautar nenhum outro assunto? Será que  o jornalismo desistiu de sua atonomia na construção da agenda pública?

Read Full Post »

Tem assunto que entra na agenda midiática de uma hora para outra. Assim, sem mais nem menos, passa a ser onipresente. O telespectador pode mudar de canal, o ouvinte muda de estação, o leitor pode até comprar o jornal concorrente, não adianta: é impossível fugir do assunto. Dessa forma, não tem jeito. A agenda da mídia passa a ser a agenda pública. O que está nos meios de comunicação é assunto em todas as esquinas, permeia as discussões, pauta a conversa cotidiana.

Depois o assunto morre, ninguém mais ouve falar. Aquilo que era noticiado como muitíssimo importante – por isso mesmo com tanto destaque – cai no esquecimento. Até a imprensa, que só falava e pensava no tal assunto, o esquece. O que se dirá então da memória da população, se ela nunca é consultada na hora de definir esses temas? Mais fácil ainda de esquecer.

Esse funcionamento é generalizado. Não é privilégio de nehum meio ou empresa específica. Também não é restrito a uma região. Aqui no Espírito Santo não é diferente.

Este post é uma pequena contribuição para relembrar alguns assuntos que são muito importantes, mas que já foram esquecidos pela cobertura da nossa imprensa.

1) O que aconteceu com a ação do Ministério Público Estadual que proibia a cobrança dos estacionamentos privados na primera hora de uso, e que obrigava a cobrança fracionada?

2) Que fim levou a ameaça do governo do Estado de retomar (encampar) a concessão da Rodosol?

As sugestões para incremento dessa lista são muito bem-vindas.

Read Full Post »